Coluna

|Variedades - Rede Gestão - Cármen Cardoso

Coluna

|Variedades - Rede Gestão

Veja por autor

Projeto social apoiado pela
Rede Gestão vence Prêmio Parcerias

O Ponto Cidadão oferece educação e capacitação profissional para cerca de 120 jovens em situação de risco social.
whatsapp linkedin
Publicado em 06.07.2008 - Edição 509

          O trabalho desenvolvido pela TGI Consultoria em Gestão, empresa integrante da Rede Gestão, no Ponto Cidadão, projeto social apoiado pela Rede, foi uma das iniciativas vencedoras do Prêmio Parcerias, promovido pelo Instituto Ação Empresarial pela Cidadania e pela Aliança Interage, com apoio do Instituto C&A, Avina, Plan e Arcor Brasil. O prêmio é um reconhecimento a iniciativas bem-sucedidas na área de Responsabilidade Social desenvolvidas por empresas privadas junto a organizações da sociedade civil.   

          O objetivo do Prêmio Parcerias é estimular a cooperação e promover a melhoria das ações compartilhadas entre empresas e organizações não-governamentais (ONGs) na Região Nordeste, orientadas pelos Objetivos do Milênio: educação para todos (atingir o ensino básico universal), geração de renda (erradicar a extrema pobreza e a fome) e preservação do meio ambiente (garantir a sustentabilidade ambiental). Foram premiadas cinco Parcerias Consolidadas (com mais de um ano de atuação) e cinco Parcerias Principiantes (com até um ano).

         
Criado pela Itamaracá Transportes e apoiado por um conjunto de, além da Rede Gestão, 27 empresas, o Ponto Cidadão oferece educação e capacitação profissional para cerca de 120 jovens em situação de risco social em Igarassu, Pernambuco, qualificando-os para o mercado de trabalho. A equipe da TGI atua voluntariamente no aperfeiçoamento da gestão da entidade e desenvolve atividades voltadas para promover o desenvolvimento psicossocial dos jovens.

          O Ponto Cidadão qualifica os jovens para que possam atuar em funções administrativo-financeiras, apresentando como competências manejo de softwares de uso freqüente, conhecimento em português e matemática, processos básicos da área financeira e do setor de pessoal, qualidade nos processos de recepção e atendimento, profissionalismo (ética, responsabilidade e compromisso), capacidade de trabalhar em equipe, atitude empreendedora, iniciativa e assertividade. Além do apoio direto na gestão, os consultores voluntários da TGI ministram aulas em quatro disciplinas dos cursos profissionalizantes - Introdução à Administração: Racionalização de Processos, Princípios da Qualidade, Gestão Financeira e Relações no Trabalho. As aulas são realizadas semanalmente na sede do projeto.

          O Ponto Cidadão está surpreendendo todos os envolvidos pelo alto percentual de empregabilidade alcançado. Enquanto o índice médio em projetos do gênero fica em torno de 20% — o que já é considerado bom pelas instituições ligadas à área de Responsabilidade Social —,  o projeto conseguiu empregar 62% dos jovens atendidos. A TGI também monitora um sistema que avalia o nível de satisfação dos empregadores com os jovens egressos do Ponto Cidadão e tem feito articulações, institucionalmente, para estimular a formação de uma rede de empresas empregadoras. "Usamos nossa expertise em gestão para, em conjunto com os parceiros, tornar o Ponto Cidadão um empreendimento bem-sucedido", diz Cármen Cardoso, sócia da Consultoria.


Rede Gestão