Coluna

|Variedades - Artigos Principais - Paulo Gustavo

Coluna

|Variedades - Artigos Principais

Veja por autor

Web: redatores, há/a postos!

whatsapp linkedin
Publicado em 09.07.2000 - Edição 94
Segundo recentes notícias da mídia impressa e eletrônica, um novo estudo americano prova que, na Web, textos chamam mais a atenção. Ao contrário do que comumente se imagina, pesquisadores da Universidade de Stanford e do Instituto Poynter concluíram que os internautas priorizam textos em vez de fotos e gráficos. Não é à toa, portanto, a corrida por conteúdo que hoje vem caracterizando e transformando a grande rede. E a lição que fica mais uma vez é que a Web tem suas próprias regras, as quais nem sempre coincidem com as do mundo analógico.

A notícia é boa para os redatores de plantão. Com a condição, é claro, de que se reciclem e se adaptem cada vez mais ao meio eletrônico. O que não dá mais é para se ficar à mercê de textos longos, truncados e mal escritos. É uma ótima oportunidade para os redatores se recriarem, mostrando que estão antenados com a vida digital. Os webdesigners e webmasters, salvo os casos de honrosa coincidência, não podem e nem devem ficar sós na criação e no gerenciamento dos sites, afinal, até segundo aviso, não são necessariamente redatores.

De uma forma ou de outra, todos são aprendizes e, dada a novidade do suporte, ainda está para ser feito o rastreamento de como a língua está se adaptando ao novo meio digital. É preciso imaginação e criatividade, mas também observação, conhecimento e domínio do idioma. Nada será como antes e nada garante, por outro lado, que bons redatores do passado façam sucesso na Web.

Ainda a propósito de textos na Internet, vale lembrar que Pierre Lévy, estudioso francês da cibercultura, em entrevista à Folha de S. Paulo, em fins de maio último, ao ser indagado sobre um possível desaparecimento dos textos na Web (um temor, aliás, completamente infun-
dado) respondeu algo como: Desaparecer? Como, se ali a gente só encontra texto, texto, texto?...

As notícias e a própria realidade mostram que redatores (ainda por muito tempo!) continuarão com trabalho e emprego garantidos. Não serão excluídos digitais. Pelo contrário, dentro e fora da Web e do ciberespaço, há muito o que fazer pela frente. Redatores, há/a postos!

Rede Gestão