Coluna

|Variedades - Artigos Principais - Clarisse Monteiro

Coluna

|Variedades - Artigos Principais

Veja por autor

Você Conhece o Balanço Social? (2/3)

whatsapp linkedin
Publicado em 06.01.2003 - Edição 224

Certamente, você já viu nos jornais a publicação do balanço de alguma empresa. Nessa publicação, a empresa demonstra todos os seus aspectos patrimoniais e financeiros, conforme a legislação comercial. Mas você já viu a publicação de algum Balanço Social? Antes mesmo de se tornar lei, a publicação do Balanço Social já é uma realidade para muitas empresas brasileiras. Essas empresas estão se antecipando em demonstrar que possuem Responsabilidade Social.

 

Segundo o Ibase (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas), o "Balanço Social é um demonstrativo publicado anualmente pela empresa, reunindo um conjunto de informações sobre projetos, benefícios e ações sociais dirigidas a empregados, investidores, analistas de mercado, acionistas e comunidade. É também um instrumento estratégico para avaliar e multiplicar o exercício da Responsabilidade Social Corporativa". Ou seja, o Balanço Social apresenta, de forma consolidada e dentro de um padrão, todas (ou pelo menos a maioria) as informações relacionadas à Responsabilidade Social das empresas.

 

O motivo da publicação do Balanço Social vai muito além do cumprimento de uma mera obrigação legal. Além de ser um instrumento que agrega valor, pois traz um diferencial para a imagem da empresa, cada vez mais valorizado pelos consumidores, o Balanço Social é uma ferramenta inovadora e transformadora. Como não há legislação sobre o Balanço Social no Brasil, o Ibase sugere um modelo mínimo de publicação que pode ser adotado pelas empresas. Esse modelo é divido em 7 (sete) partes, como se pode ver no Quadro.

 

1. Base de Cálculo – Neste item, são informados os valores da Receita Líquida, do Resultado Operacional e da Folha de Pagamento Bruta da empresa. Esses valores serão base para o cálculo dos percentuais a serem discriminados nos demais itens. Ou seja, será demonstrada, por exemplo, a proporção dos gastos efetuados em programas ambientais, em relação à Receita Líquida da empresa. 
2. Indicadores Sociais Internos – Referem-se aos gastos efetuados na área social em prol dos funcionários da empresa, como por exemplo: Alimentação, Saúde, Encargos Sociais, Capacitação Profissional, Participação nos Lucros, entre outros. 
3. Indicadores Sociais Externos – Referem-se aos gastos efetuados na área social em prol da comunidade, como por exemplo: Educação, Creches, Cultura, entre outros, e, inclusive, os gastos que a empresa teve com tributos, uma vez que os mesmos são destinados para a realização de ações sociais. 
4. Indicadores Ambientais – Referem-se aos gastos efetuados em projetos que visem à preservação do meio ambiente. 
5. Indicadores do Corpo Funcional – Neste item, são discriminadas informações referentes aos funcionários da empresa, como por exemplo: o número de empregados admitidos; os que possuem idade acima de 45 anos; o total de mulheres e destas quantas ocupam cargos de chefia; o número de funcionários portadores de deficiências, entre outras. 
6. Informações Relevantes ao Exercício da Cidadania Empresarial – São relatadas informações que demonstrem o interesse pela manutenção de um bom ambiente de trabalho e da participação dos funcionários em projetos e benefícios da empresa, como por exemplo: o número de acidentes de trabalho; se a participação nos lucros contempla apenas a direção ou se abrange todos os empregados; se os empregados possuem participação nos projetos sociais, entre outras. 

7. Outras Informações – Este item é livre para a empresa indicar qualquer outra informação com relação aos seus aspectos sociais. 

 

Nada impede que esse modelo possa ser incrementado, porém, como toda demonstração contábil, o Balanço Social deve ser o mais simples, objetivo e conciso possível. Um aspecto interessante do Balanço Social é que ele é multiprofissional, ou seja, para constitui-lo, é necessária a participação de setores da empresa que vão além da contabilidade.


Rede Gestão