Coluna

|Gestão de Negócios - Planejamento - Bruno Queiroz

Coluna

|Gestão de Negócios - Planejamento

Veja por autor

Internet: É Hora de Planejar

Como criar uma estratégia para a empresa na web para potencializar negócios e alcançar resultados positivos.
whatsapp linkedin
Publicado em Sun Feb 14 10:08:00 CST 2010 - Edição 593
          Muitas empresas aproveitam o primeiro trimestre para realizar o seu planejamento estratégico, definindo seus objetivos, suas metas e suas prioridades ao longo do ano. Esse é o momento propício para a empresa planejar, também, sua estratégia para a internet. É importante pensar e programar as ações que devem ser desenvolvidas, quais os resultados esperados e como criar uma estratégia conjunta envolvendo sites, e-mail marketing, redes sociais (como Twitter, Orkut, YouTube), hot sites, links patrocinados, entre outras ferramentas, com o objetivo de aproveitar ao máximo o potencial da web. Além de possibilitar a otimização de tempo e de recursos, esse planejamento aumenta as chances de a empresa desenvolver uma estratégia bem-sucedida, alcançando resultados concretos e positivos com suas ações na internet.
          Um planejamento eficaz deve contemplar as seguintes etapas: (1) Diagnóstico, (2) Programação das ações, (3) Execução e (4) Monitoramento.
          1. Diagnóstico - Nesta etapa inicial, é importante fazer uma radiografia da atuação da empresa e do mercado na internet. Deve-se fazer uma análise cuidadosa dos concorrentes, criando indicadores para classificá-los e pontuá-los nos principais aspectos. Com esse exercício, a empresa descobre seus pontos fortes e fracos e pode traçar metas para corrigir suas fraquezas e potencializar seus diferenciais.
          2. Programação das Ações - A partir dessa análise, o passo seguinte é definir as ações necessárias para melhorar os pontos fracos e otimizar os pontos fortes. Para isso, a empresa precisa ter claro quem é seu público-alvo e em que mercado deseja atuar na internet, definindo suas áreas primárias e secundárias de atendimento. Também precisa definir as ações práticas que irá tomar para melhorar o desempenho em relação aos concorrentes nos vários aspectos comparados.
          3. Execução - Definidas as ações, é imprescindível fazer um cronograma, um mapa do ano inteiro com a programação das ações, mês a mês. Esse roteiro pode receber alterações ao longo do ano, em função de oportunidades ou ajustes no planejamento estratégico da empresa, mas é importante que as linhas principais sejam mantidas. Também é essencial, no momento da definição das ações, prever e alocar os recursos necessários para realizá-las.
          4. Monitoramento - Todo o esforço de planejamento e execução será em vão se os resultados não forem monitorados. Por isso, é importante criar indicadores para medir o efeito das ações implementadas e acompanhá-los mês a mês. Essa avaliação deve ser utilizada para promover novos ajustes, caso os resultados não estejam dentro do esperado. Dessa forma, o monitoramento realimenta constantemente a estratégia da empresa na internet, criando um círculo virtuoso de aperfeiçoamento e qualidade.

Rede Gestão