Coluna

|Gestão de Negócios - Planejamento - Tiago Siqueira

Coluna

|Gestão de Negócios - Planejamento

Veja por autor

Ou Você Tem uma Estratégia sua ou é Parte da Estratégia de Alguém!

whatsapp linkedin
Publicado em Sun Jun 12 11:32:00 CDT 2005 - Edição 351
As freqüentes mudanças no ambiente corporativo exigem que as empresas se tornem cada vez mais flexíveis para adaptação aos novos desafios e exigências. Para ocupar ou manter seu espaço em um ambiente cada vez mais competitivo, é fundamental que a organização desenvolva modelos de gestão mais eficazes, acompanhe melhor o seu desempenho e, principalmente, conheça bem o seu mercado, atuando estrategicamente para obter melhores resultados, para si e para seus clientes.

Todavia, essa não é uma tarefa fácil. Requer dedicação, tempo, conhecimento do negócio e do mercado em que a empresa está inserida. Exige planejar-se estrategicamente, ter uma visão de futuro e um norte a ser alcançado —com desafios, objetivos e metas claras.

Formular uma estratégia é uma atitude essencial para quem busca longevidade no seu negócio. Segundo o festejado consultor norte-americano Michael Porter, sócio da Monitor Group, “uma empresa sem estratégia corre o risco de se transformar numa folha seca que se move ao capricho dos ventos da concorrência”. Nessa perspectiva, ele diz ainda que, “para obter sucesso, é preciso pensar a longo prazo”.

No entanto, apenas fazer um bom planejamento estratégico, ainda que absolutamente essencial, não garante, necessariamente, o sucesso, um lugar no futuro ou uma vida saudável para a empresa. Para alcançar esses objetivos, é imprescindível, também, desenvolver o pensamento estratégico e a cultura de uma gestão estratégica. A partir da sua visão de mercado e do planejamento feito (formulação de cenários para o negócio, avaliação das oportunidades e ameaças existentes, das forças e fraquezas da empresa, formulação e definição de desafios, prioridades e metas estratégicas), devem ser garantidos o acompanhamento e a atualização permanentes para pavimentar o caminho até os objetivos traçados.

Também é fundamental mobilizar as equipes para fazer a estratégia planejada acontecer. Ou seja, desenvolver na empresa um modelo de gestão que favoreça o desenvolvimento dessa cultura desejada, uma vez que só a prática cotidiana sistemática irá capacitar os profissionais e as equipes para essa responsabilidade.

Só assim a empresa pode se tornar mais apta para enfrentar e superar os desafios do mercado. Pensar estrategicamente é fundamental. Segundo Alvin Toffler, consultor e futurólogo americano, “é melhor ter um mapa geral e incompleto, sujeito a revisões, do que não ter mapa nenhum”. O importante é começar — a experiência virá com a prática. Quem insiste em permanecer no mercado sem investir séria e continuadamente no planejamento estratégico e no desenvolvimento do pensamento estratégico corre o risco de ficar refém de uma outra citação de Toffler: "Ou você tem uma estratégia própria ou então você é parte da estratégia de alguém".

Rede Gestão