Coluna

|Gestão de Negócios - Planejamento - Peter Ratcliffe

Coluna

|Gestão de Negócios - Planejamento

Veja por autor

Ampliando Mercados com a Tradução

whatsapp linkedin
Publicado em Sun May 14 14:03:00 CDT 2006 - Edição 397
Empurrados pela globalização, profissionais e empresas se utilizam cada vez mais de um recurso essencial em áreas como a Literatura e a Diplomacia para alcançar novos mercados, ampliando as fronteiras de seus produtos e serviços. Trata-se da tradução. Ter um site, uma peça publicitária, uma publicação empresarial ou mesmo um trabalho acadêmico em uma versão em língua estrangeira pode potencializar a possibilidade de novos negócios, além de contar pontos positivos para a imagem. "O inglês é a língua dominante na internet, grande vitrine desse novo mundo corporativo. Passar sua mensagem corretamente, com uma tradução adequada, faz toda a diferença", diz Peter Ratcliffe, sócio-diretor da Sharing English Assessoria e Consultoria em Idiomas, integrante da Rede Gestão. Nesta entrevista, ele fala mais sobre o assunto.

Por que e quando uma empresa deve investir, por exemplo, em uma versão em inglês de seu site?
A demanda por esse tipo de tradução vem aumentando muito, principalmente devido à globalização e à internet. Os mercados se ampliaram. Para algumas empresas, as fronteiras geográficas não são mais barreiras. Quem tem um bom produto, algo com diferencial, pode, a princípio, vender para qualquer lugar do mundo. E a internet é essa grande vitrine. Portanto, ter um site em inglês é muito importante para quem tem essa visão mais global.

E para quem não tem perspectivas de fazer negócios em outro país?
Mesmo que não haja um objetivo imediato de venda, de negócios, é uma idéia interessante. É bom para a imagem da empresa ter um site em um idioma estrangeiro. Muita gente ainda não tem idéia do potencial da internet em termos de contatos, de parcerias, de possibilidade de negócios. É importante não só estar na internet, mas se comunicar de forma eficiente e ser entendido por todos.

Em que outros casos a tradução pode ajudar empresas e profissionais?
Empresas locais que vendem seus produtos para turistas estrangeiros, por exemplo, devem ter algum material de divulgação em inglês. Profissionais que queiram publicar artigos e trabalhos em veículos de língua estrangeira também precisam de uma tradução de qualidade. E há a tradução acadêmica, que tem suas características próprias. A Revista Brasileira de Física, por exemplo, só publica trabalhos em inglês.

Que aspectos devem ser levados em conta ao contratar o trabalho de um tradutor?
O primeiro mito a ser desmontado é o de que todo mundo que sabe inglês é um bom tradutor. Isso não é verdade. E nem sempre um nativo é um bom tradutor, outro mito muito disseminado. O bom tradutor tem que ter a capacidade de adequar a língua aos diversos meios. Tem que não só traduzir, mas também redigir bem, seja um artigo acadêmico ou um texto publicitário. Deve estar bastante familiarizado com os termos específicos de cada área e ter muita bagagem cultural, nas duas línguas. Também é importante pensar no público-alvo, qual o seu perfil, com quem se quer falar. É como um texto em português. O tipo de público influencia o tipo de linguagem utilizada. São diferenças sutis, mas importantes.

Quais os problemas mais comuns encontrados nas traduções?
Alguns dos maiores problemas são os erros de ortografia e gramática. Às vezes causam distorções grandes no sentido do texto. Também há falhas como má interpretação e até mesmo o uso de vocabulário inadequado. No caso da tradução acadêmica, a qualidade da pesquisa e a credibilidade do trabalho podem ser prejudicadas por problemas na tradução para o inglês. Nos sites e em material promocional, uma tradução de má qualidade pode comprometer a imagem da empresa ou do produto. Já vi traduções de sites e peças publicitárias com slogans em inglês absolutamente incompreensíveis. Em 90% dos casos, a tradução é desastrosa quando envolve trocadilhos, palavras com vários sentidos e outras sutilezas normalmente utilizadas como recursos pelos publicitários. É preciso tomar cuidado e investir em uma tradução de qualidade para que ela, ao invés de ajudar, não termine atrapalhando.

Rede Gestão