Coluna

|Gestão de Negócios - Marketing

Coluna

|Gestão de Negócios - Marketing

Veja por autor

Para não propagar fake news

whatsapp linkedin
Publicado em Thu Aug 02 15:34:00 CDT 2018 -
 1) Verifique se a notícia foi publicada por uma empresa, pessoa ou organização conhecidas. Isso não é um atestado de credibilidade, mas pessoa jurídica ou física corre o risco de processo e tende a tomar mais cuidado.
    2) Evite sites que não trazem a pessoa ou equipe que produziu o conteúdo. Não dá para zerar o risco, mas checar se a pessoa existe já ajuda.
    3) Não compartilhe nada sem ler. Ler só o título não é suficiente.
    4) Veja se a foto não é antiga ou se tem sinais de manipulação no Photoshop. Cheque a data da publicação do texto.
    5) Desconfie de textos que não trazem fontes confiáveis, como entrevistados e pesquisas de instituições conhecidas, para defender as informações e números divulgados.
    6) Há diferença entre texto opinativo e narrativo. Desconfie de textos que querem se fazer passar por notícias, mas são opinião pura. Exija provas.
    7) Links para documentos, áudios, vídeos e imagens não são, necessariamente, provas. Eles precisam fazer sentido.
    8) Ao ver uma denúncia, verifique se algum veículo de comunicação mais conhecido, progressista ou conservador, deu também. Desconfie de notícias que circulam apenas entre sites anônimos e grupos de WhatsApp.
    9) Uma notícia não é verdadeira simplesmente porque você concorda com ela ou porque ela reforça sua visão de mundo.
    10) Ficou na dúvida? Não compartilhe.
    
    Fonte: UOL Notícias.
 
Revisão:
 
Marca Consultexto 02-01

Rede Gestão