Coluna

|Gestão de Negócios - Marketing - Peter Ratcliffe

Coluna

|Gestão de Negócios - Marketing

Veja por autor

Dicas para aprender inglês mais rápido

whatsapp linkedin
Publicado em Thu Nov 16 14:57:00 CST 2017 -

Quem busca aprender inglês para um propósito imediato - uma viagem a outro país, uma prova específica – pode não ter suas demandas completamente satisfeitas nos métodos tradicionais de ensino da língua. Independente da forma como ele estude, existem alguns fatores que aceleram o aprendizado do inglês e podem completar o processo de forma satisfatória. 

Um dos grandes segredos para conseguir aprender um novo idioma é a motivação. Ter uma atitude positiva para o aprendizado ajuda o cérebro a absorver o conhecimento e, unindo esses conhecimentos a elementos que trazem prazer ao estudante, a apreensão do idioma se descomplica ainda mais. A seguir, trago algumas dicas de como aprender a língua inglesa mais rapidamente, lançando mão de elementos prazerosos do dia a dia.
 
- Assista a séries e filmes em inglês 
Filmes e séries são bons canais de aprendizado do inglês. Por ter muita informação visual, as palavras se fixam no cérebro com mais facilidade, acelerando a apreensão. 
Independente do seu gosto pessoal, as comédias românticas são a modalidade mais acessível para o aprendizado da língua. Como as situações vistas no enredo são bastante previsíveis, o conteúdo é leve e há muitos diálogos, elas são bons recursos para reforçar a compreensão global do idioma. 
Já as séries têm a vantagem de fazer o telespectador desenvolver a personalidade dos personagens e, assim, passarem a acompanhar o raciocínio deles com mais facilidade. Porém, é importante salientar que, ao assistir as séries com o intuito de aprender o inglês, é preciso evitar as legendas, principalmente em português. Não há problema em assistir aos seriados com legendas em inglês, mas o ideal é que o estudante saia de vez da leitura da legenda para aperfeiçoar o idioma. 
 
- Insira o conhecimento em um contexto
Use expressões em inglês em situações reais do cotidiano. Ajuda a interação com pessoas utilizando o idioma, uma interação real. Conversar com “nativos” da língua não é exatamente uma necessidade e, dependendo do nível em que está o estudante de inglês, pode ser até uma desvantagem. Isso porque o “nativo” tem, muitas vezes, pouca sensibilidade com relação à comunicação simplificada, principalmente os monolíngues. Para os iniciantes, o ideal seria ter um professor capacitado e experiente em criar e desenvolver diálogos com pessoas que estão nesse nível de aprendizado. 
Aplicativos e sites como o “RealEnglish” apresentam diálogos do dia a dia, autênticos, para o aluno de inglês. Eles ensinam expressões de cumprimento, despedidas e para pedir ajuda em diversos contextos. 
 
- Releia livros no idioma
Reler um livro que você gosta na língua inglesa ajuda a fixar as palavras e facilita o aprendizado. O motivo é que, já que o leitor está familiarizado com a história, ele não tem muitas dificuldades em desvelar a narrativa em outra língua. O prazer que o leitor encontra nessa leitura também o ajuda na apreensão do conhecimento.
Além disso, existem muitos livros paradidáticos acessíveis para estudantes de inglês, que contém versões simplificadas de clássicos da literatura para alunos em vários níveis de aprendizado. Chamados de “readers”, alguns desses livros também possuem áudio. Nesses casos, recomenda-se ao aluno que escute o áudio antes de ler o livro, já que os estudantes adultos tem mais dificuldade para compreender inglês ouvindo. Ele pode ouvir até três vezes o audiobook antes de passar para a leitura e, no final, pode até mesmo ouvir e ler ao mesmo tempo, para aprimorar ainda mais o vocabulário. Esses paradidáticos podem ser encontrados em livrarias especializadas e, geralmente, tem baixo preço. 
 
- Ouça músicas 
Ouvir música pode ser um bom meio para acelerar o aprendizado do inglês, graças à narrativa melódica, que se fixa no cérebro do ouvinte. Porém, é importante que o estudante procure músicas didáticas, como dos Beatles e Frank Sinatra, que possuem letras relativamente simples e que geralmente contam uma história. Além disso, esses cantores possuem dicção clara que contribui ainda mais para a fixação das palavras. 
- Fuja da tradução direta
Muitos estudantes recorrem a aplicativos que utilizam tradução direta para aprender o inglês. Esses recursos não são tão interessantes, principalmente para aqueles que querem ter competência no idioma. O aprendizado de um segundo idioma é uma atividade complexa, que envolve a cognição do aluno e esses apps simplificam a experiência para a simples transformação de uma palavra em outra. 
Como alternativa, interaja com outras pessoas no idioma, ao vivo ou online, faça associação de palavras se quiser realmente desenvolver competência no idioma. Alguns desses aplicativos dão uma falsa sensação de segurança, mas a verdade é que a tradução dificilmente contribui para o desenvolvimento da habilidade de comunicação verbal no idioma, já que o processo cognitivo para a tradução é um e para efetivo aprendizado da língua, outro. Uma opção é, ao invés de buscar o significado de uma palavra pela sua tradução, é pesquisar o termo no Google Imagens, a associação da palavra ao seu significado imagético é muito mais saudável e eficaz do que simplesmente traduzir para o português, prática que não faz parte de um processo comunicacional. No mercado, há dicionários que fogem da tradicional tradução e utilizam sinônimos ou antônimos para estimular o cérebro do leitor. Todas essas ferramentas ajudam a enriquecer o vocabulário sem recorrer ao caminho mais óbvio da tradução.
 
Revisão:
 
Marca Consultexto 02-01
 

Rede Gestão