Coluna

|Gestão de Negócios - Dicas Financeiras

Coluna

|Gestão de Negócios - Dicas Financeiras

Veja por autor

Médias e grandes empresas optam por outsourcing da área contábil

whatsapp linkedin
Publicado em Sun Nov 20 12:04:00 CST 2005 - Edição 373
A pesada carga tributária em vigor no Brasil e a eficiência crescente dos órgãos de fiscalização transformaram a área contábil em um setor de importância estratégica nas empresas. Como conseqüência, é cada vez maior o número de organizações de médio e grande porte que estão optando por uma ferramenta antes restrita às pequenas empresas: a terceirização ou, para usar o tema da hora no mercado, o outsourcing de sua área contábil. "As médias e grandes empresas estão descobrindo as vantagens do outsourcing, como menor custo e maior segurança", assinala o consultor Luiz Carlos Bernhoeft, da Bernhoeft Contadores, integrante da Rede Gestão. Nesta entrevista, ele fala mais sobre o assunto:

Ainda existe o mito de que a terceirização da Contabilidade é uma ferramenta de gestão para pequenas empresas?
Esse mito existe, sim, mas está diminuindo. Prova disso é a incursão no outsourcing da Trevisan e, mais recentemente, da Deloitte, tradicionalmente dedicadas a Auditoria e Consultoria. A necessidade de manter um elevado padrão de qualidade na área é um dos principais motivos para a mudança de paradigmas.

Qual a principal dificuldade que as empresas médias enfrentam quando tentam formar uma equipe própria de Contabilidade?
O vínculo entre a empresa e o profissional, com algumas exceções, é muito frágil. Para uma empresa de médio porte, em especial, é difícil manter bons profissionais, pois acabam sendo preteridas por outras de maior porte, quando o profissional enxerga uma melhor oportunidade no mercado. Quando isso ocorre, o trabalho fica sem continuidade.

O que as médias e grandes empresas têm a ganhar com a terceirização dos serviços contábeis?
Eu destacaria quatro pontos: (1) Competência – Como a legislação brasileira é complexa, hoje, existem profissionais especializados em ICMS; outros, em IRPJ; outros, em INSS; e assim por diante. Quando se contrata um profissional, por melhor que ele seja, dificilmente conseguirá entender bem de todos os assuntos. Já uma empresa terceirizada tem uma equipe multidisciplinar, que pode atender bem a diversas especialidades. (2) Riscos – O outsourcing também permite a minimização dos riscos. Quando há uma falha do setor contábil (formada por funcionários contratados), a empresa não pode repassar ao funcionário os prejuízos. Já a empresa terceirizada assume o risco em eventuais casos de imperícia, sem prejuízo para a contratante. (3) Experiência – Pelo fato de atender a várias empresas, o profissional de uma empresa terceirizada passa a ter uma gama variada de experiências práticas, que podem se transformar em resultados positivos para os clientes. (4) Custo – Na maioria dos casos, o custo com a contratação de uma empresa terceirizada é menor.

Como o outsourcing pode contribuir para o aumento de competitividade da empresa?
O outsourcing permite que a empresa efetivamente trate a área de forma estratégica, utilizando as informações e os relatórios contábeis para a tomada de decisões. Quem está de fora e é especializado no assunto normalmente tem maior visibilidade para corrigir as falhas e propor estratégias mais eficientes.

Rede Gestão